Brasileiros estão dispostos a pagar R$ 45 para ter acesso à rede de esgoto

Segundo pesquisa, entre as pessoas sem acesso à rede pública de esgoto, 41% não estão dispostas a pagar pelo serviço

SÃO PAULO – Os brasileiros que não contam com serviço de coleta de esgoto estariam dispostos a pagar em média R$ 44,40 para estarem ligados à rede coletora, segundo indicou a pesquisa Percepções sobre Saneamento Básico, divulgada pelo Ibope Inteligência e Instituto Trata Brasil nesta quarta-feira (12).

Ao mesmo tempo, o levantamento feito com 1.008 pessoas, indicou que 197 delas não têm o esgoto ligado à rede pública, sendo que, desse total, 41% não estão dispostos a pagar pelo serviço.

Entre as pessoas que estariam dispostas a pagar, 9% afirmaram que pagariam até R$ 10, enquanto 11% desembolsariam entre R$ 10 e R$ 30 para ter acesso à rede pública de esgoto. Já outras 13% afirmaram que poderiam pagar mais de R$ 30 para ter o serviço.

Satisfação com o serviço

PUBLICIDADE

A pesquisa também identificou o índice de satisfação dos brasileiros com os serviços de tratamento do esgoto, e apenas 10% dos entrevistados afirmaram estarem totalmente satisfeitos. No interior e na região Sul, esses índices são mais altos, de 57% e 56%, respectivamente.

No geral, outras 33% das pessoas disseram estar satisfeitas, enquanto 24% não estão nem satisfeitos nem insatisfeitos com o serviço. Por outro lado, 20% e 7% estão insatisfeitos e totalmente descontentes com o tratamento de esgoto, nesta ordem.

Entre essas pessoas, o índice de insatisfação é maior nos moradores de favelas (47%), seguidos pelos habitantes da região Nordeste (46%) e pelas cidades de médio porte (37%).