Brasileiro está menos pessimista com endividamento, aponta CNI

Índice que mede perspectiva em relação ao endividamento variou 3,4% em relação ao trimestre anterior, atingindo 104,5 pontos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – No segundo trimestre do ano, o brasileiro está mais otimista em relação ao endividamento futuro, de acordo com o Inec (Índice Nacional de Expectativa do Consumidor), divulgado nesta quinta-feira (18) pela CNI (Confederação Nacional da Indústria).

De abril a junho, o índice que mede o endividamento atingiu 104,5 pontos, afastando-se, assim, dos 100 pontos, sendo que números acima deste patamar remetem a otimismo e, abaixo, a pessimismo.

Na comparação com o primeiro trimestre de 2009, quando o índice registrou 101,1 pontos, o mais baixo da média histórica, houve alta de 3,4% e, em relação ao mesmo período do ano passado, a evolução foi de 2%.

Perspectivas

Aprenda a investir na bolsa

Questionados sobre qual a expectativa para os próximos meses, em relação ao seu próprio endividamento, 39% dos consumidores afirmaram que estarão na mesma proporção dos últimos três meses, de acordo com a tabela abaixo:

Expectativas do endividamento
para os próximos três meses
ItemRespostas
Muito mais endividado6%
Mais endividado23%
Mesmo número de dívidas de três meses atrás39%
Menos endividado28%
Muito menos endividado4%

Fonte: Inec/CNI

O Inec é elaborado a partir de pesquisa de opinião pública de abrangência nacional, conduzida pelo Ibope com 2.002 pessoas. A pesquisa tem periodicidade trimestral e foi realizada entre os dias 29 de maio e 01 de junho, para esta última edição.