Novo presidente da Câmara

“Brasil não pode ficar gerando imposto’”, afirma Rodrigo Maia ao jornal O Globo

Rodrigo Maia vê a agenda econômica como prioridade do país, citando PEC do teto de gastos, renegociação das dívidas dos estados e reforma da Previdência

(Bloomberg) – O Brasil não pode, para superar problema de déficit, ficar gerando imposto num momento em que está todo mundo endividado, diz Rodrigo Maia, novo presidente da Câmara, em entrevista a O Globo.

  • Maia vê a agenda econômica como prioridade do país, citando PEC do teto de gastos, renegociação das dívidas dos estados e reforma da Previdência
    • Cita entre suas prioridades no novo cargo reorganizar a Câmara, ampliar diálogo com todos partidos, retomar diálogo com Senado

Esta matéria foi publicada em tempo realapara assinantes do serviço BloombergaProfessional.