Ministro da Economia

Brasil está ‘fora de sintonia’ com restante do mundo, pois está crescendo, diz Guedes

“Até o fim do ano teremos US$ 200 bilhões em compromissos de investimento, em contratos já assinados de investimentos privados”, disse

Por  Estadão Conteúdo -

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse em Nova York, em entrevista à TV Bloomberg, que uma das consequências da guerra pode ser pressões inflacionárias mundiais, em alimentos, grãos, fertilizantes e energia.

Ele afirmou que a economia mundial passa por uma desaceleração, que a guerra pode agravar, mas que o Brasil está “fora de sintonia”, pois está crescendo. “O Brasil está na outra direção”, disse o ministro, para quem o País está em transição de uma economia guiada pelo Estado para uma gerida pelo mercado.

“Até o fim do ano teremos US$ 200 bilhões em compromissos de investimento, em contratos já assinados de investimentos privados”, disse. Ele comparou a “dois Planos Marshall” (o que reconstruiu a Europa no pós-Segunda Guerra) os investimentos em portos, rodovias e setor elétrico.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe