No hospital

Bolsonaro volta a ter febre e exames indicam quadro compatível com pneumonia

Segundo os médicos, Bolsonaro "continua sem dor, com sonda nasogástrica, dreno no abdome e recebendo líquidos por via oral"

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O presidente Jair Bolsonaro voltou a ter febre na noite de quarta-feira (6) e, após uma bateria de exames, incluindo tomografia de tórax e abdome, foi constatado um quadro compatível com pneumonia, segundo boletim médico divulgado pelo Hospital Albert Einstein.

“Foi realizado um ajuste na antibióticoterapia e mantidos os demais tratamentos. Continua sem dor, com sonda nasogástrica, dreno no abdome e recebendo líquidos por via oral em associação à nutrição parenteral”, diz o boletim.

O presidente ainda realizou exercícios respiratórios e caminhou no corredor, mas, por ordem médica, as visitas permanecem restritas.

PUBLICIDADE

O porta-voz Otávio do Rêgo Barros, ainda ressaltou que o estado de saúde de Bolsonaro é o esperado “dentro desse pico térmico que ele acometeu na noite de ontem”.

“Por precaução os médicos fizeram exame de imagem, incluso tomografia por contraste. O pulmão tinha uma imagem que era compatível com pneumonia”, afirmou completando que os médicos decidiriam incluir uma nova medicação por conta deste quadro.

Segundo Rêgo Barros, a temperatura febril do presidente chegou a “cerca de 38°C”. “Fizeram exames viral e bacteriano e descartaram o viral. Trata-se de uma causa bacteriana”, afirmou o porta-voz.