Pesquisa

Bolsonaro vai a 26%; Haddad, Ciro e Alckmin empatam em 2º lugar, mostra Datafolha

Petista e pedetista empatam numericamente com 13%, enquanto Alckmin oscilou de 10% para 9%

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O candidato Jair Bolsonaro (PSL) manteve a liderança nas intenções de voto, segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (14), passando de 24% para 26%.

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

Na sequência, a disputa segue embolada, agora com três candidatos: Ciro Gomes (PDT), que manteve 13%; Fernando Haddad (PT), que oscilou de 9% para 13%; e Geraldo Alckmin (PSDB), que variou de 10% para 9%. Enquanto isso, Marina Silva (Rede) segue sua trajetória de queda, passando de 11% para 8%.

PUBLICIDADE

Na sequência, Álvaro Dias (Podemos), João Amoêdo (Novo) e Henrique Meirelles (MDB) mantiveram os mesmos 3% cada um da pesquisa anterior. Guilherme Boulos (PSOL), Vera Lúcia (PSTU) e Cabo Daciolo (PATRI) ficaram todos com 1% cada. Já João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) mão pontuaram. Brancos e nulos tiveram recuo dentro da margem de 15% para 13% e não souberam ou não responderam somaram 6%, ante 7% na última pesquisa.

O levantamento foi realizado entre os dias 13 e 14 de setembro e contou com 2.820 entrevistas, sendo registrado sob o número BR-05596/2018 no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Confira o desempenho de cada candidato:

– Jair Bolsonaro (PSL): de 24% para 26%
– Ciro Gomes (PDT): manteve 13%
– Fernando Haddad (PT): de 9% para 13%
– Geraldo Alckmin (PSDB): de 10% para 9%
– Marina Silva (Rede): de 11% para 8%
– Alvaro Dias (Podemos): manteve 3%
– Henrique Meirelles (MDB): manteve 3%
– João Amoêdo (Novo): manteve 3%
– Cabo Daciolo (Patriota): manteve 1%
– Guilherme Boulos (PSOL): manteve 1%
– Vera Lúcia (PSTU): manteve 1%
– João Goulart Filho (PPL): manteve 0%
– Eymael (DC): manteve 0%
– Branco/nulos: de 15% para 13%
– Não sabe/não respondeu: de 7% para 6%

Segundo turno

O Datafolha fez dez cenários diferentes para um eventual segundo turno e em todos que aparece, Jair Bolsonaro está empatado tecnicamente com os outros candidatos, com exceção da disputa com Ciro Gomes, em que ele perde de 45% a 38%.

Leia também:

– “Por que votarei em Geraldo Alckmin”, por Andre Lichtenstein
– “Por que votarei em Jair Bolsonaro”, por André Gordon

Haddad, por sua vez, perde de todos os outros candidatos, menos do deputado do PSL, em que ele está numericamente atrás: 41% a 40%.

Confira os números:

Marina 43% x 39% Bolsonaro (branco/nulo: 16%; não sabe: 2%)
Ciro 40% x 34% Alckmin (branco/nulo: 23%; não sabe: 3%)
Alckmin 41% x 37% Bolsonaro (branco/nulo: 19%; não sabe: 2%)
Alckmin 39% x 36% Marina (branco/nulo: 23%; não sabe: 2%)
Ciro 45% x 38% Bolsonaro (branco/nulo: 15%; não sabe: 2%)
Alckmin 40% x 32% Haddad (branco/nulo: 25%; não sabe: 3%)
Bolsonaro 41% x 40% Haddad (branco/nulo: 17%; não sabe: 2%)
Ciro 44% x 32% Marina (branco/nulo: 22%; não sabe: 2%)
Marina 39% x 34% Haddad (branco/nulo: 25%; não sabe: 2%)
Ciro 45% x 27% Haddad (branco/nulo: 25%; não sabe: 2%)

Rejeição

A pesquisa também mostrou a rejeição de cada candidato, ou seja, em quem o eleitor não votaria de jeito nenhum. Os entrevistados puderam escolher mais de um nome, confira:

– Jair Bolsonaro (PSL): de 43% para 44%
– Ciro Gomes (PDT): de 20% para 21%
– Fernando Haddad (PT): de 22% para 26%
– Geraldo Alckmin (PSDB): de 24% para 25%
– Marina Silva (Rede): de 29% para 30%
– Alvaro Dias (Podemos): de 14% para 15%
– Henrique Meirelles (MDB): manteve 17%
– João Amoêdo (Novo): manteve 15%
– Cabo Daciolo (Patriota): de 19% para 18%
– Guilherme Boulos (PSOL): manteve 17%
– Vera Lúcia (PSTU): manteve 19%
– João Goulart Filho (PPL): de 15% para 14%
– Eymael (DC): de 18% para 17%

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear