Pandemia

Bolsonaro diz que testou negativo para novo coronavírus

Informação foi dada pelo próprio presidente, por meio das redes sociais, três dias após o retorno do mandatário da viagem oficial aos Estados Unidos

Live do Bolsonaro com máscara
(Foto: Divulgação/Palácio do Planalto)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O presidente Jair Bolsonaro informou, por meio de seu perfil oficial nas redes sociais, nesta sexta-feira (13), que testou negativo para o novo coronavírus. A postagem ocorre em meio a uma série de boatos sobre a possibilidade de o exame do mandatário ter dado positivo para a doença e três dias após seu retorno de viagem oficial aos Estados Unidos.

Antes da postagem, a Fox News informou que Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, havia afirmado que o primeiro teste tinha dado positivo para a doença e que a Presidência aguardava o resultado da contraprova. Na sequência, o parlamentar negou, pelo Twitter, que tenha dado essa informação. A emissora disse que o congressista deu informações contraditórias.

Bolsonaro fez o exame ontem (12), após o chefe da Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social), secretário Fábio Wajngarten, ser diagnosticado com a doença. Ele integrou a comitiva que participou da viagem oficial e manteve contato próximo com Bolsonaro, além de interações com o presidente americano Donald Trump.

Aprenda a investir na bolsa

Membros do governo e políticos que integraram a comitiva fizeram exames para identificar se contraíram a Covid-19. Desde a notícia sobre Wajngarten, Bolsonaro passou a adotar procedimentos de segurança contra a doença. Ao longo dos próximos dias, a rotina do presidente deve ser modificada, com restrições a solenidades e interações com apoiadores na entrada do Palácio do Planalto.

Ontem, em sua live semanal pelas redes sociais, Bolsonaro apareceu usando uma máscara. Ao lado do ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) e da interprete de libras, ambos também de máscara, o presidente disse que aquela era uma medida de precaução, já que houve um caso de coronavírus entre os membros da comitiva e que ainda aguardava o resultado de seu teste.