Troca de farpas

Bolsonaro responde Maia: “Não existe brincadeira da minha parte”

"Se alguém quiser que eu faça o que os presidentes anteriores fizeram eu não vou fazer", afirmou o presidente

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a trocar farpas com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), rebatendo uma declaração do deputado feita mais cedo de que ele estaria “brincando de presidir” o país.

“Não existe brincadeira da minha parte, muito pelo contrário. Lamento palavras nesse sentido e quero acreditar que ele não tenha falado isso”, disse Bolsonaro ao sair de um evento junto com o governador de São Paulo João Doria (PSDB).

“Olha, se foi isso mesmo que ele [Rodrigo Maia] falou eu lamento. Não é palavra de uma pessoa que conduz uma casa. Brincar? Se alguém quiser que eu faça o que os presidentes anteriores fizeram eu não vou fazer”, afirmou o presidente.

Aprenda a investir na bolsa

“Já dei o recado aqui. A nossa forma de governar é respeitando todo mundo, e acima de tudo, além de respeitar os colegas políticos, respeitar o povo brasileiro que me colocou lá”, completou Bolsonaro.

A troca de farpas começou com uma entrevista de Bolsonaro ao apresentador José Luiz Datena, da TV Bandeirantes, transmitida nesta tarde, em que ele afirmou que Maia pode estar abalado uma vez que está passando por problemas pessoais.

Ao saber da entrevista, o presidente da Câmara rebateu e disse que Bolsonaro está “brincando de presidir o país“. “Abalados estão os brasileiros que estão esperando desde 1º de janeiro que o governo comece a funcionar. São 12 milhões de desempregados, 15 milhões de brasileiros vivendo abaixo da linha da pobreza e o presidente brincando de presidir o Brasil”, disse ele.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos