Corrida eleitoral

Bolsonaro pede no Twitter que seus eleitores “jamais confiem em pesquisas”

Vale destacar que, contudo, sondagens apontam liderança com ampla vantagem do candidato sobre Haddad

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O candidato Jair Bolsonaro (PSL) voltou a questionar a veracidade das pesquisas eleitorais nesta quinta-feira (18), mesmo com as sondagens apontando ampla vantagem sobre seu oponente Fernando Haddad (PT).

Em postagem em seu perfil no Twitter, Bolsonaro pede que seus eleitores não relaxem e exclama: “jamais confiem em pesquisas!”.

“Quando não falamos sobre as tais nos criticam e quando falamos fazem o mesmo”, disse.

Aprenda a investir na bolsa

Vale destacar que, nesta quinta, sairá a pesquisa Datafolha: o último levantamento do instituto mostrou Bolsonaro com 58% dos votos válidos, ante 42% de Haddad. 

 

 

 

 

PUBLICIDADE

 

O candidato também compartilhou postagem de seu filho, Carlos Bolsonaro, em resposta à reportagem da Folha de S. Paulo que apurou que empresas estão comprando pacotes de disparos em massa de mensagens contra o PT no WhatsApp e preparam uma grande operação na semana anterior ao segundo turno. 

Cada contrato chega a R$ 12 milhões e, entre as empresas compradoras, está a Havan. Os contratos são para disparos de centenas de milhões de mensagens. A prática é ilegal, pois se trata de doação de campanha por empresas, vedada pela legislação eleitoral, e não declarada. 

Na mensagem retuitada por Bolsonaro, seu filho diz que o jornal “não se cansa de contar meias verdades ou mentiras descontextualizadas”. 

Invista com a melhor assessoria do Brasil: abra uma conta na XP com taxa ZERO para TED e manutenção de conta!