Análise

Bolsonaro ou Haddad: quem é o mais rejeitado pelos eleitores de Ciro, Marina e Alckmin?

Cruzamento de dados da última pesquisa XP/Ipespe mostra Bolsonaro rejeitado por 92% dos eleitores de Ciro e Haddad por 80% dos apoiadores de Amoêdo

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Com o aumento da probabilidade de um segundo turno entre o deputado Jair Bolsonaro (PSL) e o ex-prefeito paulistano Fernando Haddad (PT), crescem as especulações sobre a preferência dos eleitores de outros candidatos caso esse cenário se confirme. Para se ter uma avaliação previa da capacidade de cada um herdar votos dos adversários, vale observar as distintas taxas de rejeição sob tais recortes.

Leia também: Bolsonaro pode vencer eleição no primeiro turno?

As tabelas abaixo mostram esses detalhes, com base em cruzamentos feitos a partir da última pesquisa XP/Ipespe, divulgada na sexta-feira (14). A partir delas, é possível notar a elevada rejeição de Bolsonaro entre eleitores de Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede), ao passo que o deputado herda a maior parte dos votos de Geraldo Alckmin (PSDB), Álvaro Dias (Podemos) e João Amoêdo (Novo).

Aprenda a investir na bolsa

O quadro para Haddad é exatamente o oposto, com o maior potencial de transferência de votos entre atuais apoiadores de Ciro Gomes, ao passo que eleitores de nomes do chamado “campo azul” apresentam maior nível de rejeição a seu nome. Entre os brancos, nulos e indecisos, os dois candidatos dividem o eleitorado.

Eis os dados de Bolsonaro:

Entre eleitores deRejeição a BolsonaroTransferência de votos
Álvaro Dias (Podemos)24%2 p.p.
Ciro Gomes (PDT)92%1 p.p.
Geraldo Alckmin (PSDB)41%5 p.p.
Henrique Meirelles (MDB)64%1 p.p.
Marina Silva (Rede)80%2 p.p.
João Amoêdo (Novo)59%2 p.p.
Indecisos41%2 p.p.
Brancos e nulos65%5 p.p.

Fonte: XP/Ipespe (BR-07277/2018)

Eis os dados de Haddad:

Entre eleitores deRejeição a HaddadTransferência de votos
Álvaro Dias (Podemos)86%1 p.p.
Ciro Gomes (PDT)35%8 p.p.
Geraldo Alckmin (PSDB)73%2 p.p.
Henrique Meirelles (MDB)53%1 p.p.
Marina Silva (Rede)50%3 p.p.
João Amoêdo (Novo)80%1 p.p.
Indecisos44%1 p.p.
Brancos e nulos68%4 p.p.

Fonte: XP/Ipespe (BR-07277/2018)

A tabela abaixo mostra a rejeição dos dois candidatos por segmento do eleitorado:

PUBLICIDADE

haddadbolsonaro
Fonte: XP/Ipespe (BR-07277/2018)

O jogo está apertado. Na última pesquisa XP/Ipespe, Bolsonaro e Haddad aparecem tecnicamente empatados no segundo turno, com o deputado numericamente à frente por 40% a 38% das intenções de voto. O resultado é similar ao apresentado ontem pelo Ibope, onde os dois aparecem empatados com 40%. No quesito rejeição, o deputado lidera com taxa de 42%, contra 29% do petista. Analistas, contudo, adotam cautela ao tratar de algum favoritismo.

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear