Pré-candidato

Bolsonaro: “Lula quis transformar o Brasil em galinheiro e agora colhe os ovos por onde passa”

"Não quero ele na cadeia. Quero ele em cana. Ele não gosta tanto de cana? Vai levar cana", disse Bolsonaro

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – No mesmo dia em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva encerra sua caravana em Curitiba, o pré-candidato Jair Bolsonaro chegou à cidade, mobilizando um grande grupo de apoiadores. E logo que saiu do saguão do aeroporto, em cima de um carro de som, o deputado ironizou o petista: “Lula quis transformar o Brasil num galinheiro, agora está por aí colhendo ovos por onde passa”.

“Não quero ele na cadeia. Quero ele em cana. Ele não gosta tanto de cana? Vai levar cana”, disse Bolsonaro em seu breve discurso. Ele não falou sobe os tiros disparados contra a caravana de Lula na noite de ontem, mas o deputado Fernando Franceschini comentou o tema e sugeriu que o ataque seria uma simulação dos petistas.

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

PUBLICIDADE

No discurso, o deputado voltou a reforçar seu discurso pelo direito da população poder portar armas. Além disso, Bolsonaro defendeu que “a Polícia Militar, em defesa do povo, atire para matar”. “Nós faremos voltar a valer a força”, disse ele.

O pré-candidato chegou nesta manhã acompanhado de seu filho Eduardo Bolsonaro, além do ator Alexandre Frota e outras lideranças locais. No saguão no aeroporto, foi recebido por uma multidão de mais de 300 pessoas com diversos gritos de guerra.