RADAR INFOMONEY Por que o mercado "gostou" do aumento na conta de luz? Assista ao programa desta terça

Por que o mercado "gostou" do aumento na conta de luz? Assista ao programa desta terça

Exagero

Bolsonaro diz que coronavírus é “muito mais fantasia” e minimiza atrito com o Congresso

Presidente afirma que conversou por Whatsapp com Rodrigo Maia e que reformas estão prontas para caminhar

O presidente Jair Bolsonaro em palanque
O presidente Jair Bolsonaro (Alan Santos/PR)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse, nesta terça-feira (10), que a epidemia global de coronavírus não é tão preocupante e seria “muito mais uma fantasia” propagada pela mídia do mundo todo do que um risco. O mandatário fez discurso em um evento em Miami, nos Estados Unidos, onde está desde sábado (7) em viagem oficial que contou com um jantar com o presidente americano, Donald Trump.

Sobre a guerra de preços entre Arábia Saudita e Rússia, o presidente brasileiro afirmou que é melhor o petróleo cair 30% do que subir 30%. “Problemas na Bolsa ocorrem esporadicamente, mas estamos vendo uma recuperação”, defendeu.

Bolsonaro ainda minimizou o atrito com o Congresso, que começou com a discussão do Orçamento Impositivo e se fortaleceu após o presidente convocar a população para atos críticos ao Legislativo e ao Judiciário.

Aprenda a investir na bolsa

Ele disse que falou com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pelo Whatsapp e que, mesmo com os problemas crônicos entre governo e Legislativo, Maia estaria pronto para levar adiante as reformas. Bolsonaro voltou a ressaltar a importância de uma reforma tributária que transforme o Brasil em um país mais fácil de se fazer negócios.

Já acerca da reforma administrativa, o presidente alegou não querer demitir nem quebrar a estabilidade dos servidores públicos, mas que é necessário haver justiça entre funcionários e pagadores de impostos.

Bolsonaro fez questão de lembrar, também, que muitos outros presidentes tentaram fazer uma reforma da Previdência como a que foi aprovada no ano passado, porém não conseguiram. “Mesmo com Parlamento sob jugo, não conseguiram. É [uma reforma] amarga para parte da população, mas era necessária.”

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos