Eleições 2018

Bolsonaro com 8 segundos, PT com R$ 50 milhões e Alckmin 12 vezes por dia: a situação de cada candidato

De todos os 13 nomes considerados, o tucano Geraldo Alckmin é quem se destaca pela estrutura partidária, tempo de televisão e capilaridade em prefeituras

arrow_forwardMais sobre

Coligações e força eleitoral

Findas as convenções partidárias, é possível consolidar o quadro das alianças e medir a força relativa dos candidatos. Além do tempo de TV e das inserções, adicionamos o número de prefeitos pertencentes à coligação para ajudar a medir a capilaridade de cada candidato. No entanto, é preciso lembrar que os partidos não atuam em bloco e regionalmente haverá defecção.

Nos quesitos tradicionais, Geraldo Alckmin sai com 44% do tempo de TV, 12,4 inserções por dia e 53% dos prefeitos eleitos em 2016. O PSDB reservou R$ 43 milhões para a disputa.

PUBLICIDADE

A chapa montada pelo PT terá 20% do tempo de TV, 5,5 inserções e 7% dos prefeitos. O PT reservou R$ 50 milhões para campanha presidencial.

Meirelles terá 16% do tempo de TV 4,4 inserções e 20% dos prefeitos. O MDB não reservou dinheiro para a disputa, que será autofinanciada.

Com pouco tempo de TV, Marina espera gastar até R$ 15 milhões.

Bolsonaro terá dificuldade nos fatores tradicionais, mas conta com sua força na internet.

xppolitica