Eleição

Boca de urna mostra Parlamento “sem maioria” no Reino Unido; libra desaba

Apesar de ainda se manter como o maior partido, os conservadores devem perder cadeiras no Parlamento

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Acaba de ser divulgada a pesquisa boca de urna sobre as eleições parlamentares no Reino Unido. O partido Conservador, da primeira-ministra Theresa May, deve ser o vencedor, se mantendo como o partido com maior número de cadeiras, mas não deve conquistar uma grande maioria, deixando o Parlamento sem um partido “dominante”, o que complica a situação para a premiê.

A pesquisa coloca os conservadores com 314 cadeiras (hoje o partido tem 330 lugares), enquanto o Partido Trabalhista, o maior da oposição, ficará com 266 lugares. O resto estaria pulverizado entre os outros partidos do país. No total, são 650 cadeiras. Logo após a divulgação da pesquisa, a libra afundou e operava por volta das 18h09 (horário de Brasília) com perdas de 1,5% contra o dólar.

O partido Conservador, liderado por May, tenta aumentar a maioria parlamentar que já possui, mas a situação se tornou bem complicada. A premiê convocou eleições antecipadas há cerca de dois meses na expectativa de conseguir mais apoio na negociação do Brexit, mas os recentes ataques terroristas e outras situações em que ela mostrou pouca força reduziram as chances de uma grande vitória.

Aprenda a investir na bolsa

É improvável que o Partido Trabalhista da oposição ganhe uma maioria absoluta, mas poderia forçar um parlamento equilibrado, onde nenhum dos lados detém mais da metade dos assentos – situação que se desenha após a boca de urna. Neste cenário, é possível que as negociações do Brexit demorem mais e sejam mais complexas.