Em Nova York

Bill Gates se diz constrangido sobre ação contra Petrobras e pede desculpas a Dilma

Na última sexta-feira, a fundação divulgou uma nota para dizer que a ação judicial não foi movida pela empresa, e sim por um trust que cuida dos recursos da Bill & Melinda Gates

SÃO PAULO – Em Nova York, nos EUA, o fundador da Microsoft, Bill Gates, mostrou-se constrangido em encontro com a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, pela ação movida contra a Petrobras pelo “trust” (espécie de fundo) que cuida dos recursos da fundação Bill & Melinda Gates. 

Segundo fontes do Valor Econômico e da Folha de S. Paulo, Gates manifestou constrangimento ao abordar o assunto no encontro com Dilma e disse desconhecer o assunto, até mesmo pedindo desculpas pelo episódio. 

Na última sexta-feira, a fundação divulgou uma nota para dizer que a ação judicial não foi movida pela empresa. “Ao contrário do que alguns veículos de comunicação reportaram, a Gates Foundation não está processando a Petrobras. A ação judicial se refere a investimentos feitos por um gerente externo que investe em favor de terceiros que inclui ativos que mantém as atividades da fundação. O gerente externo e os ativos são completamente separados da Gates Foundation”, diz a nota.

PUBLICIDADE

O processo busca ressarcimento das perdas sofridas com ADRs (American Depositary Receipts) da Petrobras comprados entre 2 de janeiro de 2009 e 24 de setembro de 2015. 

Segundo a queixa, registrada na quinta-feira à noite na corte federal de Manhattan, “o esquema de suborno e lavagem de dinheiro” causou à Fundação Gates e a WGI Emerging Markets Fund LLC, uma perda de dezenas de milhões de dólares, investidos da petroleira.

“Na verdade, o escândalo ainda parece aumentar a cada dia –à medida que mais criminosos, mais prisões e mais contas bancárias secretas são descobertos”, disse a ação. A Petrobras está enfrentando uma enorme quantidade de processos nos Estados, que alegam anos de corrupção, incluindo subornos, que teriam inflado o valor de suas ações e títulos em mais de 98 bilhões de dólares.

Westwood Global Investments LLC, uma empresa com sede em Boston, gere investimentos para a fundação e para o fundo WGI.

No encontro de Bill e Melinda Gates com Dilma, em Nova York, eles discutiram parceria com vistas à Cúpula “Nutrição para o Crescimento”, que acontecerá no Brasil, no próximo ano, e terá como tema questões relacionadas à alimentação saudável.

 

PUBLICIDADE

Insira seu melhor email e receba dicas e conteúdos exclusivos sobre como investir com sucesso