Defesa

Barbosa diz em comissão que não há base para pedido de impeachment de Dilma

Barbosa afirmou que não houve repetição ou continuação de práticas consideradas irregulares por parte do Tribunal de Contas da União

Aprenda a investir na bolsa

BRASÍLIA – O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, disse nesta quinta-feira não ver base para um pedido de impedimento da presidente Dilma Rousseff, afirmando que nenhum dos decretos mencionados no pedido de impeachment modificou a programação financeira de 2015 e que os valores são regulares com a lei fiscal.

Em audiência pública da Comissão Especial sobre a Denúncia contra a presidente Dilma, Barbosa afirmou que não houve repetição ou continuação de práticas consideradas irregulares por parte do Tribunal de Contas da União (TCU) e que o governo passou a aplicar o novo entendimento do Tribunal a partir do momento em que foi formalizado.