Política

Bancada do PSB declara apoio ao processo de impeachment de Dilma

Dilma perdeu "completamente a condição de liderar uma retomada, diante da desastrosa gestão do País", diz nota do partido

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A bancada do PSB na Câmara dos Deputados, em reunião ontem com o presidente nacional da legenda, Carlos Siqueira, declarou apoio ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. A decisão será defendida na reunião da Comissão Executiva Nacional do partido, na segunda-feira (11), em Brasília. 

Apesar da decisão não ter sido unânime, o líder do partido na Casa, Fernando Coelho Filho, acredita que a maioria do partido é favorável ao impeachment.  O partido disse, em nota, que Dilma perdeu “completamente a condição de liderar uma retomada, diante da desastrosa gestão do País, que nos levou a uma crise profunda; bem assim, a razões jurídicas que autorizam, nesta fase, a abertura de processo, pois o seu julgamento será realizado no Senado Federal”.

Segundo o líder do partido na Casa, a legenda deve se reunir novamente na próxima semana para discutir possíveis nomes para a comissão especial do impeachment do vice-presidente Michel Temer. Ontem, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB) pediu aos líderes partidários para indicarem deputados para o colegiado.

PUBLICIDADE

Especiais InfoMoney:

Carteira InfoMoney rende 17% no 1º trimestre; 5 novos papéis entraram no portfólio de abril

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa