Avaliação positiva do governo Lula recua para 65,4% em setembro

Crise no Senado, discussões de Dilma e ex-secretária da Receita Federal e avanço da gripe suína prejudicaram a avaliação

SÃO PAULO – A avaliação positiva do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva recuou durante o mês de setembro ao atingir 65,4% dos entrevistados, apontou a pesquisa CNT Sensus divulgada nesta terça-feira (8).

A queda foi de 4,4 pontos percentuais em comparação com a pesquisa anterior, de maio, quando atingira 69,8%. O número de pessoas que avaliaram o governo como regular ou negativo subiu, atingindo 26,6% e 7,2% respectivamente.

O desempenho de Lula também recuou na avaliação dos entrevistados. O índice, que atingiu 81,5% em maio, caiu para 76,8% neste mês, lembrando que em janeiro o presidente alcançara o nível recorde de 84%.

PUBLICIDADE

Segundo a pesquisa, a queda verificada se deve à crise no Senado, às discussões entre Dilma Rousseff, ministra da Casa Civil, e a ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira, além do avanço da gripe suína no território nacional.

Metodologia

A 98ª Pesquisa de Opinião Pública abrangeu 136 municípios do país. Foram feitas 2 mil entrevistas entre 31 de agosto e 4 de setembro. A margem de erro é de 3 pontos.