AO VIVO Renda extra imobiliária: Como montar uma carteira vencedora de FIIs; assista

Renda extra imobiliária: Como montar uma carteira vencedora de FIIs; assista

Aprovação do governo japonês cai para 24%, atingindo ‘zona de perigo’

Em maio, desaprovação do primeiro-ministro Yukio Hatoyama subiu para 51%, frente aos 44% registrados em pesquisa de abril

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A taxa de aprovação ao governo do primeiro-ministro Yukio Hatoyama caiu de 33%, registrados no mês de abril, para 24% na pesquisa realizada em maio pelo jornal Yumiuri Shimbun.

A pesquisa mostrou que 66% dos entrevistados consideram que a nova proposta de realocação da base militar norte-americana Futenma contraria a promessa feita pelo primeiro-ministro no verão passado, de que a base aérea da marinha dos EUA iria, ao menos, para fora da cidade de Okinawa.

Apenas 24% dos entrevistados disseram que a nova proposta não contradiz a promessa de Hatoyama. A taxa de desaprovação do governo foi de 66%, exatos dez pontos percentuais acima dos 56% de desaprovação obtidos em abril.

PUBLICIDADE

Desaprovação
Quando questionados sobre o motivo da desaprovação do atual governo, 51% dos entrevistados  mencionaram a falta de liderança de Hatoyama, frente aos 44% que deram a mesma resposta no levantamento anterior.

O governo já considera um plano para mudar a base militar que fica em Ginowan para uma área costeira do distrito de Nago, ambos em Okinawa. A má gestão do governo sobre a questão de Futenma levou o índice de aprovação para nível abaixo dos 30% – considerada uma zona de perigo – pela primeira vez desde a posse de Hatoyama, em setembro do ano passado.

A entrevista foi realizada com 1.745 eleitores escolhidos aleatoriamente, no segundo final de semana de maio.