Após terremoto, Brasil vai doar US$ 10 milhões para o Haiti

Por determinação de Lula, Brasil enviará ajuda humanitária ao país; Nelson Jobim acompanhará militares para avaliar danos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Por determinação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Brasil vai doar US$ 10 milhões como ajuda humanitária para o Haiti, país que sofreu na terça-feira (12) um terremoto de 7.3 graus na escala Richter.

Além da ajuda financeira, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, viajará para a capital do país, Porto Príncipe, acompanhando militares e o embaixador do Brasil no Haiti, Ygor Kipman, com o objetivo de avaliar os danos causados pelo terremoto. 

A viagem se deve ao fato de que o governo brasileiro tem dificuldades para obter informações, pois os sistemas de telefonia fixa e móvel do Haiti estão comprometidos.

Aprenda a investir na bolsa

As decisões foram tomadas em uma reunião no Itamaraty nesta quarta-feira (13), que teve a participação também do presidente do Brasil e do ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim.

 

 

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, viaja nesta terça-feira (13) para Porto Príncipe (a capital do Haiti) com militares e o embaixador do Brasil no Haiti, Ygor Kipman. O objetivo é avaliar os danos causados pelo terremoto, já que o governo brasileiro tem dificuldades para obter informações, uma vez que os sistemas de telefonia fixa e móvel, além do abastecimento de energia elétrica, estão comprometidos.