Mudança de planos

Após passar mal em debate, Dilma não cumprirá agenda no Rio de Janeiro neste sábado

Presidente reduzirá o ritmo das atividades até domingo e permanecerá em Brasília; no domingo, a presidente comparacerá ao debate da Rede Record, em São Paulo.

SÃO PAULO – No final do debate presidencial de quinta-feira, a presidente Dilma Rousseff, do PT, sentiu um mal estar após uma queda de pressão. Apesar da pronta recuperação, a ordem é que a presidente reduza o ritmo das atividades até domingo, quando comparecerá ao debate da Rede Record, em São Paulo.

Desta maneira, a petista não cumprirá agenda no Rio de Janeiro neste sábado, como era previsto. Uma das opções seria uma viagem mais curta: Dilma poderia ir a Minas Gerais, para acompanhar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em um ato público de campanha. Essa hipótese, porém, foi descartada pela assessoria da petista. “A presidente Dilma Rousseff não havia confirmado a agenda que teria no Rio de Janeiro amanhã”. 

De acordo com Rui Falcão, presidente do partido e coordenador da campanha da petista, a recomendação médica é que ela não se canse muito até domingo e que participe apenas de coletivas preferencialmente.