Nova polêmica

Após insinuar que Aécio usa cocaína, coordenador é afastado de campanha de Campos

"Vai ter coca, Aécio Neves", escreveu Bahé em post que foi apagado logo em seguida; ele se justificou dizendo que a mensagem era de caráter pessoal e que deveria ter sido publicada em grupo fechado

Eduardo Campos, presidential candidate and former governor of the state of Pernambuco, speaks during an interview in Sao Paulo, Brazil, on Thursday, April, 17, 2014. Campos said he would grant the central bank full autonomy and reduce intervention in the economy to shore up confidence and fight inflation. Photographer: Paulo Fridman/Bloomberg *** Local Caption *** Eduardo Campos

SÃO PAULO – No mesmo dia em que publicou no Facebook frase insinuando que o presidenciável tucano Aécio Neves é usuário de cocaína, o jornalista Marco Bahé se afastou do posto de coordenador de mídias sociais da campanha de Eduardo Campos (PSB).

“Vai ter coca, Aécio Neves”, escreveu Bahé em post que foi apagado logo em seguida. Posteriormente, ele se justificou na rede social dizendo que a mensagem era de caráter pessoal e deveria ter sido publicada em grupo fechado para amigos, usando os hashtags #vacilo e #destavezfuieu.

Posteriormente, Bahé alegou que já tinha se afastado da campanha de Campos “há vários dias”. Confira o post abaixo:

Marcos Bahé

PUBLICIDADE

Vale ressaltar que, na última segunda-feira, no Programa Roda Viva, da TV Cultura, Aécio Neves respondeu a uma pergunta sobre os boatos de que usaria cocaína. Aécio se defendeu, negando que tenha usado a droga: “Não dá para dar vazão ao submundo das redes e da internet. Ninguém pode disputar com esses adversários”.

Ele disse ainda ser contra a descriminalização da maconha: “Fernando Henrique está à vontade para fazer esse debate, mas não é a minha posição. Não é uma agenda que atenda à expectativa do brasileiro. Não sou a favor da descriminalização”. 

(Com informações do Brasil 247)