Críticas ao PT

Após dizer que “PT só pensa em cargo”, Lula admite que se excedeu nas críticas

O ex-presidente alegou, no entanto, que a imprensa exagerou o tom de sua avaliação e que não tinha ideia de que fosse tão grande a repercussão; as informações são da Folha e do Agora

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – As declarações que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez na última segunda-feira (22), em evento no Instituto Lula, ecoaram e muito entre os políticos. Lula afirmou que o PT “precisa, urgentemente, voltar a falar para a juventude” e destacou que o partido, atualmente, “só pensa em cargo, em emprego”.

Contudo, segundo informações dos jornais Folha de S. Paulo e Agora, Lula avaliou em conversas com aliados que as suas declarações prejudicam a imagem do partido, ao invés de ajudá-lo. A mea-culpa foi relatada pelo presidente do PT, Rui Falcão, na manhã de quinta-feira durante uma reunião da cúpúla do partido. 

Ele alegou, no entanto, que a imprensa exagerou o tom de sua avaliação e que não tinha ideia de que fosse tão grande a repercussão.

Aprenda a investir na bolsa

Na segunda-feira, Lula ainda defendeu uma “revolução no PT”. “O PT perdeu um pouco de utopia. Temos que fazer uma revolução nesse partido. Temos de deixar de pensar em salvar nossa pele e nossos cargos e partirmos para salvar nosso projeto e repensar esse projeto”, afirmou.