AO VIVO Rodrigo Furtado, da XP Asset, fala sobre uma oportunidade no mercado de ações

Rodrigo Furtado, da XP Asset, fala sobre uma oportunidade no mercado de ações

Após discurso no G-7, ministro de Finanças japonês diz que não irá renunciar

Ministro está sob pressão para deixar o cargo, após fazer um discuro em que aparentava estar sob efeito de álcool

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O ministro de Finanças do Japão, Shoichi Nakagawa, afirmou, após um encontro com o primeiro-ministro Taro Aso, que não irá renunciar ao cargo, mesmo com a pressão da oposição.

Nakagawa está sendo acusado de ter bebido antes de realizar um discurso, no encontro do G-7, em Roma, no último fim de semana. Na ocasião, o político aparentava dormir em alguns momentos, tinha fala lenta e chegou a responder uma pergunta que havia sido feita ao presidente do Banco do Japão.

Bebidas X remédios

Segundo o ministro de Finanças, isso aconteceu porque ele havia tomado remédios para gripe, e que havia ingerido apenas um gole de vinho no almoço antes do discurso.

PUBLICIDADE

No Japão, os canais de televisão repetiram diversas vezes as imagens do discurso de Nakagawa, que é um forte aliado do primeiro-ministro. Com isso, a popularidade do governo japonês pode ser ainda mais prejudicada.