Diz Folha

Após dia apocalíptico, general da Lava Jato diz que isso foi só a “cereja do dry martini”

Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, as revelações estão apenas começando

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O cenário político mudou completamente depois de divulgadas gravações nas quais o ex-presidente e agora ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Inácio Lula da Silva, conversa com a presidente Dilma Rousseff. Os áudios dão a entender que a nomeação de Lula como ministro teve por objetivo colocá-lo em foro privilegiado e impedir a sua prisão pelo juiz federal Sérgio Moro. A resposta foi um escândalo de grandes proporções com a oposição e manifestantes pedindo a renúncia de Dilma em Brasília, além de protestos em todo o Brasil. 

Mesmo depois de todo este clima apocalíptico no governo, ainda há quem diga que as revelações estão só começando. Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, um general da Lava Jato sentenciou: “isso é só a cereja do Dry Martini”.

Especiais InfoMoney:

PUBLICIDADE

Como o “trader da Gerdau” ganhou meio milhão de reais na Bovespa em 2 meses 

As novidades na Carteira InfoMoney para março

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa