Política

Após derrota, PSDB promete oposição “firme” no novo governo Dilma

Coordenador da campanha tucana, senador José Argipino (DEM-RN), disse que Aécio e seu grupo farão uma "oposição enérgica" à nova gestão Dilma, informou o Estadão

SÃO PAULO – Após perder o segundo turno para Dilma Rousseff (PT) no último domingo, líderes do PSDB já prometem uma oposição “firme” neste novo governo, informou O Estado de S. Paulo. Em Belo Horizonte, o senador eleito José Serra (PSDB) disse que vai pensar no caminho do partido em fevereiro, quando reabrir o Congresso, e em janeiro, quando muitos governadores vão assumir ou reassumir.

Além dele, o coordenador da campanha tucana, senador José Argipino (DEM-RN), disse, na capital mineira, onde acompanhou o discurso de Aécio após resultado da eleição, que o senador mineiro e seu grupo farão uma “oposição enérgica” à nova gestão Dilma.  

Segundo Argipino, o número de votos que Aécio Neves teve no segundo turno mostrou um “imenso avanço” da oposição e o “início da contagem regressiva do PT”.