Único alvo

Após debate, Skaf volta a criticar Alckmin e diz que não evitou Padilha

O peemedebista afirmou que os números apresentados pelo governador de São Paulo dão a impressão de que ele governa um estado e a população vive em outro.

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Ao final do debate da TV Bandeirantes entre os candidatos ao governo de São Paulo, Paulo Skaf, do PMDB, não poupou o governador Geraldo Alckmin, do PSDB, e o criticou novamente. 

De acordo com o peemedebista, os índices apresentados pelo governador de São Paulo dão a impressão de que ele governa um estado e a população vive em outro.

“O governador anuncia índices de melhorias da segurança que dão a impressão de que está em um Estado e a população em outro”, explicou Skaf.

PUBLICIDADE

Indagado sobre sua postura tímida em relação ao candidato petista, Alexandre Padilha, o presidente da Fiesp respondeu que não evitou o ex-ministro da Saúde e que foi ao debate para apresentar suas propostas. “Eu não fui na direção das críticas das propostas dos candidatos. Preferi ser mais propositivo, ser menos crítico e citar mais as minhas ideias e propostas”, concluiu o peemedebista.