Após cerca de 3 semanas de impasses, Garibaldi instala a CPI mista dos Cartões

Início das investigações está previsto para a próxima terça-feira, faltando apenas a eleição do presidente e relator

SÃO PAULO – Após cerca de 3 semanas de impasses e conflitos entre o governo e a oposição, o presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN) leu a lista dos 24 parlamentares, 12 deputados e 12 senadores, integrantes da CPI mista dos Cartões Corporativos.

Efetuada a leitura, a comissão fica efetivamente instalada, faltando apenas eleger o presidente e o relator, antes do início da investigação, que está previsto para a próxima terça-feira (11).

Segundo o regimento, cabe ao titular mais idoso da comissão reuní-la para a escolha do presidente. Feito isso, a indicação para a relatoria é feita pelo presidente. Lembrando que o PSDB indicou Marisa Serrano (MS) para a presidência, e o PT, Luiz Sérgio (PT) para relator, portanto, a medida deve ser apenas protocolar.

Propósito

PUBLICIDADE

A investigação averiguará os gastos do governo com os cartões de crédito corporativos. Vale lembra que a oposição obteve apoio para a criação da CPI mista, após o escândalo envolvendo a ministra Matilde Ribeiro, que apresentou gastos acima do normal com locações de carros e no free-shop.