Apoiando declaração de vice, Serra diz que PT é sim ligado às Farc, mas não ao tráfico

Em evento em Belo Horizonte, candidato tucano à presidência se manifesta sobre fala polêmica, que provocou reação do PT

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Depois de o candidato à vice-presidência do PSDB, Índio da Costa, levantar um debate acalorado com o PT ao acusar o partido de manter ligações com o narcotráfico e com as Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), o candidato à presidência pelo partido, José Serra, também entrou na briga.

O tucano, que mais cedo tinha preferido não comentar a polêmica, afirmou na noite desta segunda-feira (19) que “todo mundo sabe” da ligação do PT com as Farc. “(…) Tem muitas reportagens, tem muita coisa”, disse Serra – que, entretanto, destacou que a ligação não significa que o PT tenha laços com o narcotráfico. “A Farc é uma força ligada ao narcotráfico, isso não significa que o PT faça o narcotráfico”, disse Serra a jornalistas em Belo Horizonte.

O presidente nacional do PSDB, o senador Sérgio Guerra, também apoiou as declarações do candidato a vice. “(A ligação entre o PT e as Farc) são fatos do conhecimento público que já mereceram dezenas de reportagens da imprensa brasileira. A relação das Farc com o narcotráfico são tão conhecidas como as do PT com as Farc”, afirmou o senador.

Aprenda a investir na bolsa

Alguns podem gostar, outros não…
Serra afirmou ainda que mais esclarecimentos sobre a fala de Índio da Costa dependem do próprio deputado, e completou:”de toda maneira, aí nós estamos discutindo opiniões, alguns podem gostar, outros não gostar”.

Vale lembrar que, mais cedo,o PT afirmou que entrará na Justiça com duas ações contra o deputado e uma contra o PSDB.