Apesar do horário eleitoral gratuito, Lula mantém vantagem, revela Datafolha

Petista manteve sua vantagem sobre Geraldo Alckmin; aprovação de seu governo é a maior da série histórica

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Reiterando os dados revelados por pesquisas recentes, o presidente-candidato Luiz Inácio Lula da Silva manteve sua vantagem sobre Geraldo Alckmin, candidato à presidência pelo PSDB, à despeito do início do horário eleitoral gratuito no rádio e na TV.

Segundo os dados do instituto Datafolha, que ouviu 6.279 pessoas em 272 cidades entre os dias 21 e 22 de agosto, Lula aparece com 49% das intenções de voto, enquanto Alckmin fica com 25%. No último levantamento do instituto, realizado entre os dias 7 e 8 de agosto, Lula aparecia com 47% e Geraldo Alckmin com 24% das intenções de voto.

A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos e, levando em conta apenas os votos válidos, Lula segue reeleito em primeiro turno.

Mais dados favoráveis ao presidente Lula

Aprenda a investir na bolsa

O instituto Datafolha também questionou os eleitores sobre um possível segundo turno entre Lula e Alckmin. O petista venceria com 55% dos votos, contra 36% do candidato tucano.

Outro ponto positivo ao candidato-presidente Lula é o fato que de a sua taxa de rejeição está diminuindo. Em junho, 31% dos entrevistados afirmaram que não votariam em Lula. Atualmente, esse percentual está em 26%.

Em complemento, o governo Lula obteve o maior índice de aprovação já registrado por algum governo desde que este tipo de avaliação começou a ser realizada, em 1990. A avaliação ótima e boa do governo Lula subiu para 52% ante 45% no levantamento anterior. Já a avaliação ruim ou péssima passou de 18% para 16%, enquanto a regular caiu de 36% para 31%.