Contra-ataque

Ao ser questionada sobre Petrobras, Dilma diz: “Onde estão os corruptos do metrô de SP?”

Na defensiva, a presidente disse ter um compromisso diferente, de investigar e punir; petista ainda criticou Aécio dizendo que ele não é transparente e é desinformado.

SÃO PAULO – Questionada pelo presidenciável do PSDB, Aécio Neves, sobre o escândalo de corrupção da Petrobras e sobre quem é responsável por tantos desvios de dinheiro público na estatal, a presidente Dilma Rousseff, do PT, disse que a Polícia Federal está investigando e que ao contrário do passado, não era dirigida por afiliados ao PSDB

A Polícia Federal investigou e vai punir implacavelmente porque construiu provas, passou para o Ministério Público. E agora, a Justiça vai julgar. E isso significará que o Brasil pela primeira vez vai ter de fato o combate sistemático à corrupção”, contestou a petista.

A candidata à reeleição voltou a fazer questionamentos similares aos que fez durante o debate de terça-feira realizado pela Rede Bandeirantes. “Onde estão os corruptos, onde os corruptos da compra de votos para a reeleição? Todos soltos. Onde estão os corruptos do metrô de São Paulo, e dos trens? Todos soltos. Onde estão os corruptos da “pasta rosa”? Todos soltos. Onde estão os corruptos do processo Sivan? Todos soltos. Onde estão os corruptos da “privataria tucana”? Aquela do limite da irresponsabilidade. Todos soltos”, questionou Dilma, acrescentando que tem um compromisso diferente e que Aécio não é transparente e é desinformado.

PUBLICIDADE

Aécio, por sua vez, afirmou acreditar e confiar nas instituições. O tucano destacou que todos os casos citados por Dilma foram devidamente investigados. “Se as pessoas estão soltas é porque não foram condenadas, portanto as provas não existiram”, explicou o tucano. 

Alterado, o pessedebista questionou a presidente sobre onde estão os corruptos do PT. “O presidente do seu partido foi preso, o tesoureiro do seu partido foi preso, o Ministro mais importante do seu governo foi preso. Mas eu quero que a senhora responda à minha pergunta de agora, de quem é a responsabilidade sobre esses desvios de recursos na Petrobras que não cessam nunca?”, perguntou o tucano, completando que não é possível que ela não se sinta responsável. “Ou a senhora foi conivente ou a senhora foi incompetente para cuidar da maior empresa pública brasileira”, acrescentou.

A petista contestou que é estarrecedor que Aécio acredite que os tucanos sejam inocentes por não terem sido condenados. “Não foram condenadas porque não foram investigadas. É diferente. Vocês têm uma praxe, vocês engavetam, escondem debaixo do tapete, vocês chegaram a transferir, no caso da “pasta rosa”, um delegado de um determinado lugar para outro”, concluiu.