Sítio controverso

Antena da Oi foi “presente” de amigo de Lula para sítio em Atibaia, aponta Folha

Ex-sindicalista José Zunga Alves de Lima foi o responsável por conseguir a instalação, em 2010, de uma antena de celular da Oi próxima ao sítio em Atibaia

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Segundo informações da Folha de S. Pauloo amigo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ex-sindicalista José Zunga Alves de Lima foi o responsável por conseguir a instalação, em 2010, de uma antena de celular da Oi (OIBR4) próxima ao sítio frequentado pelo ex-presidente e sua família em Atibaia, no interior de São Paulo. De acordo com a “Folha”, Zunga, funcionário da Oi, fez articulações internas na empresa para que a antena fosse colocada como um “presente” para o petista. 

A notícia da instalação da antena foi divulgada nesta semana pelo jornal  Valor EconômicoA publicação afirmou que os moradores de Atibaia referem-se a ela como “a antena do Lula”. Entre os questionamentos que elevam as dúvidas sobre a instação da antena estaria o fato do equipamento não estar no ponto mais alto da região e não seguir o traçado das rodovias que dão acesso a Atibaia, diferentemente das outras 18 torres que a Oi mantém na cidade. Além disso, as concorrentes Tim (com 18 torres na região) e Vivo (com 27 torres) não instalaram nenhuma antena próxima do sítio.

Para construir a antena, a operadora – que tem o BNDES e fundos de pensão estatais como sócios – precisou alugar um terreno a cerca de 100 metros da entrada do sítio. Cálculos de engenheiros de telecomunicações indicam que a obra custou cerca de R$ 1 milhão entre equipamentos, licenças e taxas.

Aprenda a investir na bolsa

A Folha ressalta que, em 2008, Zunga foi indicado pelo próprio presidente para ocupar uma vaga no conselho consultivo da Anatel, sendo afastado em 2010 por conflito de interesse porque era funcionário da Oi. O sindicalista presidiu uma associação do setor no passado quando conheceu Otávio Marques de Azevedo. Zunga também é ligado a Jonas Suassuna, um dos donos do sítio e sócio de Fabio Luis, um dos filhos de Lula, na Gamecorp. Em 2005, a Oi comprou participação minoritária na companhia por R$ 5,2 milhões. Três anos depois, Lula mudou a Lei Geral das Telecomunicações para permitir que a Oi comprasse a Brasil Telecom.

Por meio da assessoria do Instituto Lula, Lula afirmou ao jornal que não usa celular e “não tem comentários para ilações absurdas” em referência ao favorecimento da Oi. 

Leia também:

InfoMoney atualiza Carteira para fevereiro; confira

Analista-chefe da XP diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa