Diz Jota Info

Andrade Gutierrez cita nome de Erenice Guerra em delação premiada, informa Jota

A delação de Elton Negrão de Azevedo e Otávio Marques de Azevedo está sob avaliação do ministro Teori Zavascki, do STF, que deve homologar o acordo nos próximos dias

SÃO PAULO – De acordo com informações do Jota Info, os executivos da Andrade Gutierrez  citam a ex-ministra Erenice Guerra em acordo de delação premiada. Erenice é investigada por ter intermiadocontratos superfaturados na construção da usina de Belo Monte. O leilão da usina durou sete minutos e foi vencido com deságio de 6,02% sobre o preço inicial de R$ 83 por MWh, no dia 20 de abril de 2010.

A delação de Elton Negrão de Azevedo e Otávio Marques de Azevedo está sob avaliação do ministro Teori Zavascki, do STF, que deve homologar o acordo nos próximos dias. Segundo o Jota, informações documentais apresentadas pelos empresários da Andrade dão robustez às citações do senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS). 

Vale destacar que acordo de delação premiada do senador apontou aos investigadores um esquema de desvio de dinheiro nas obras da Usina de Belo Monte que teria abastecido campanhas eleitorais. Segundo o senador, o esquema era encabeçado pelos ex-ministros Erenice Guerra, Antônio Palocci (Fazenda) e Silas Rondeau (Minas e Energia). Pelo lado das empresas, segundo Delcídio, o principal negociador de Belo Monte foi o empreiteiro Flávio Barra, da Andrade Gutierrez. 

PUBLICIDADE


Especiais InfoMoney:

Carteira InfoMoney rende 17% no 1º trimestre; 5 novas ações entraram no portfólio de abril

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa