Eleições

Aliados estão convencidos de que Marina apoiará Aécio; ele também “quer” família Campos

Marina repetiu ainda que foi desrespeitada por Dilma Rousseff (PT) e que não havia chance de discutir um apoio a ela no segundo turno

SÃO PAULO – De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, aliados que acompanharam a apuração com Marina Silva saíram convencidos de que ela apoiará Aécio Neves (PSDB).

A candidata do PSB que ficou em terceiro lugar na disputa deve dizer que o eleitor optou pela mudança ao justificar a opção por Aécio. Marina repetiu ainda que foi desrespeitada por Dilma Rousseff (PT) e que não havia chance de discutir um apoio a ela no segundo turno. 

Mas, antes, cobrará que sejam incorporados alguns ideais seus no programa do tucano. Aécio também quer o apoio da família de Eduardo Campos para aumentar a sua votação em Pernambuco, onde teve o pior desempenho no Brasil, com apenas 6% dos votos. 

De acordo com o blog de Gerson Camarotti, do G1, integrantes do núcleo mais próximo da ex-senadora Marina Silva já defendem que ela faça uma opção rápida pelo apoio à candidatura de Aécio Neves. Um dos coordenadores da campanha de Marina, Sérgio Xavier disse ao jornalista que “é preciso respeitar o sentimento das urnas de mudança”, numa sinalização de que, pessoalmente, ele defende o apoio a Aécio.