Segundo jornal

Aliados de Temer calculam ao menos 58 votos pró-impeachment

Conforme conta a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, a contabilidade do Planalto indica 60 votos a favor do afastamento definitivo a petista

SÃO PAULO – A notícia de que uma perícia realizada por técnicos do Senado a pedido da comissão do impeachment disse que a presidente Dilma Rousseff não teria participação sobre as chamadas “pedaladas fiscais”, mas havia agido na edição dos créditos suplementares não parece ter provocado grandes mudanças no cenário do impeachment.

Conforme conta a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, a contabilidade do Planalto indica 60 votos a favor do afastamento definitivo a petista, ao passo que um aliado diz que, em uma avaliação mais pessimista, o presidente interino Michel Temer contaria com pelo menos 58 votos — quatro a mais que o necessário.