AO VIVO Renda extra imobiliária: Como montar uma carteira vencedora de FIIs; assista

Renda extra imobiliária: Como montar uma carteira vencedora de FIIs; assista

Alexandre Tombini conquista aprovação do Senado para presidir o Banco Central

Votação contou com 37 votos a favor e 7 contrários; economista assume o cargo em 1º de janeiro, após a posse de Dilma Rousseff

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O economista Alexandre Tombini ganhou a aprovação do Senado nesta quarta-feira (15) para assumir a presidência do Banco Central. Ele substituirá Henrique Meirelles, que presidiu a instituição durante os dois mandatos do governo de Luiz Inácio Lula da Silva.

A votação contou com 37 votos favoráveis e 7 contrários. Tombini foi indicado por Meirelles para assumir o cargo após sua renúncia e já havia sido sabatinado pela CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) na última semana, quando teve sua indicação aprovada em votação secreta.

O atual diretor de Normas e Organização do Sistema Financeiro do Banco Central deve assumir o cargo em 1º de janeiro, após Dilma Rousseff assumir a presidência do Governo federal.