Dívidas

Alemanha diz que níveis de dívida dos EUA estão “muito altos”

Ministro das Finanças alemão questionou como o governo norte-americano lidará com altas dívidas governamentais após eleição presidencial

SÃO PAULO – O ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schaeuble, questionou nesta terça-feira (11) como o Estados Unidos poderão lidar com seus altos níveis de dívida governamental depois da eleição presidencial de novembro.

Em discurso na Câmara do Parlamento, a Bundestag, para abrir um debate sobre o orçamento alemão de 2013, Schaeuble disse que temores sobre a dívida norte-americana são um fardo para a economia global, criticando Washington após os EUA terem dito que a Europa falhou em controlar sua própria crise de dívida.

Em particular, autoridades alemãs normalmente expressam preocupação com os níveis de dívida dos Estados Unidos e a incapacidade de políticos do país para chegar a um consenso sobre como reduzi-la, mas as declarações públicas de Schaeuble destacam o tamanho das preocupações na Alemanha.

PUBLICIDADE

“Antes da eleição nos Estados Unidos, há muita incerteza sobre o curso que os políticos norte-americanos tomarão para lidar com as dívidas governamentais do país, que são muito altas”, disse Schaeuble.

“Nós precisamos nos lembrar disso às vezes e a economia global sabe disse e é prejudicada por isso.”

Uma economia fraca e um impasse político em Washington têm impedido uma redução significativa da dívida nos Estados Unidos, o que levou os déficits orçamentários a ultrapassarem US$ 1 trilhão por três anos seguidos.