Debate

Alckmin ataca Haddad em debate: PT faz “vale tudo” e lança candidatura “em porta de penitenciária”

Em um dos principais momentos, tucano e petista trocaram farpas durante o debate

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – No ponto alto do segundo bloco do debate entre os presidenciáveis na TV Aparecida, um sorteio definiu o aguardado embate entre Fernando Haddad (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB), com o primeiro fazendo a pergunta. A questão, sobre a reforma trabalhista e a PEC do teto de gastos, gerou atrito entre os dois.

O tucano iniciou sua resposta dizendo que apoia as duas propostas, ressaltando o fim do imposto sindical e lembrando da situação do país, com 13 milhões de desempregados, que, segundo ele, é uma “herança do PT, da Dilma”.

“Quebraram o Brasil, destruíram as empresas estatais. O Petrolão foi o maior esquema do mundo de desvio de dinheiro público […] Não precisaria de PEC do teto se não fosse o vale tudo do PT, que não tem limites para ganhar eleição, vale tudo, e quem paga a conta é o povo”, atacou Alckmin. 

Aprenda a investir na bolsa

Em sua réplica, Haddad ressaltou que irá revogar a reforma trabalhista, que segundo ele fragiliza o trabalhador perante o empregador. Ele ainda disse ser contra a terceirização, que fragiliza o trabalho diante do capital, o que é “prática do PSDB”.

O petista então, aproveitou para citar a entrevista do ex-presidente do PSDB, Tasso Jereissati, que “assumiu que sabotou o governo desde a reeleição, aprovando medidas que o próprio PSDB era contra”.

“O candidato Haddad desvirtua as palavras de Tasso Jereissati, que disse que o partido deveria fazer uma autocrítica, e eu também estou de acordo, todos os partidos estão fragilizados e todos deveriam fazer autocrítica”, rebateu o tucano em sua tréplica.

Alckmin ainda completou aproveitando para fazer um duro ataque ao seu questionador: “Mas o PT, ao invés de fazer autocrítica, lança candidatura em porta de penitenciária e tenta desmoralizar as instituições brasileiras”.

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear