Reação da oposição

“Agora entendemos por que Dilma afirmou que seu governo era padrão FIFA”, diz deputado

Declaração foi dada pelo líder da minoria da Câmara Bruno Araújo (PSDB-PE) no Facebook; contudo, Dilma Rousseff não chegou a dizer que o governo era "Padrão Fifa" e sim, "Padrão Felipão"

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Em meio ao escândalo de corrupção que foi deflagrado na Fifa (Federação Internacional de Futebol) – com as denúncias de fraude na escolha dos países-sede das duas próximas Copas do Mundo (Rússia, 2018, e Catar, 2022) e recebimento de propina -, o deputado pelo PSDB Bruno Araújo (PE) e líder da minoria na Câmara traçou um pararelo irônico entre a presidente Dilma Rousseff e a federação de futebol em sua página no Facebook.

“Agora entendemos por que Dilma sempre afirmou que o seu governo era padrão FIFA”, afirmou Araújo. Antes da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, a expressão “padrão FIFA” viralizou, designando uma espécie de selo de qualidade, já que os estádios tinham que passar por rigorosos procedimentos para poderem receber os jogos da Copa. Nos protestos de junho de 2013, uma das reinvindicações era de que os hospitais e escolas também tivessem “padrão Fifa”.

Porém, vale ressaltar, Dilma não chegou a dar essa declaração. Em meados de 2013, ao ser perguntada se o seu governo é “padrão Fifa”, ela respondeu: “Meu governo é padrão Felipão”. Tanto que, quando Felipão foi demitido da seleção brasileira após a goleada que sofreu da Alemanha por 7 a 1, alguns internautas tentaram pressioná-la a repetir a frase.

PUBLICIDADE

E, a poucos dias do início da Copa do Mundo, ela afirmou que a expressão “padrão Fifa” é uma forma equivocada de mensurar as obras no Brasil. A presidente disse que as obras são “padrão Brasil”, pois ficarão para os brasileiros após a competição.