Agência de rating japonesa R&I eleva nota do Brasil de BBB- para BBB

Consumo, investimentos e política fiscal responsável deixaram país menos vulnerável a turbulências externas

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A agência de rating japonesa Rating & Investment Information elevou nesta quinta-feira (11) a nota de crédito do Brasil de BBB- para BBB, com perspectiva estável, afirmando que o País está menos vulnerável ao cenário externo em função de seu mercado interno robusto.

“Com o crescimento da classe média, um mercado interno robusto está sendo criado no Brasil e o risco de que a economia do país sofra sérios danos em razão de mudanças drásticas no ambiente externo diminuiu”, justifica o comunicado da R&I. “A inflação está enfraquecendo, e graças à um compromisso claro com a lei de responsabilidade fiscal, a posição fiscal do País segue favorável”, completa a agência.

Para a R&I, há dois pilares básicos para o fortalecimento da economia brasileira: consumo e investimentos, além de recorrentes superávits primários. Porém para 2012, a agência preocupa-se com eventuais pressões para aumento no salários do funcionalismo público na esteira de um aumento do salário mínimo com dois dígitos decorrente da inflação acumulada neste ano.

PUBLICIDADE

Caminho
Como receita para elevar ainda mais a nota de crédito do País no futuro, a agência recomenda que o Brasil trabalhe para eliminar os gargalos de infraestrutura, através do aumento de investimentos, e mantenha os esforços para mitigar a inflação ainda mais.

“Isso requer um aumento no nível da poupança doméstica, que ainda é baixo atualmente, inferior a 20% do PIB (Produto Interno Bruto), e incentivos um aumento dos investimentos na mesma medida para não haver deterioração da balança comercial”, recomenda a R&I.