Operação Lava Jato

Aécio vai interpelar judicialmente delator que o acusou na Lava Jato

Lobista afirmou em depoimento que Aécio teria participado de um esquema de propina em Furnas a partir de uma suposta indicação de Dimas Toledo para uma diretoria na companhia estatal mineira

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O senador Aécio Neves (PSDB-MG) interpelará judicialmente o lobista Fernando Moura para que confirme a citação feita ao nome dele em seu depoimento, no âmbito da Operação Lava Jato. 

Também interpelarei o ex-diretor de Furnas Dimas Toledo para que, mesmo já tendo desmentido enfaticamente os fatos citados, ele se manifeste oficialmente sobre o assunto”, afirmou o senador tucano em nota.

Fernando Moura afirmou em depoimento que Aécio teria participado de um esquema de propina em Furnas a partir de uma suposta indicação de Dimas Toledo para uma diretoria na companhia estatal mineira. De acordo com Moura, o senador dividiria propina na energética Furnas com os diretórios nacional e paulista do PT, na cota de um terço para cada um. Moura é apontado como elo entre José Dirceu na área de serviços da Petrobras.

Aprenda a investir na bolsa

Estou sendo alvo de declarações criminosas, feitas por réus confessos e que se limitam a lançar suspeições absurdas, sem qualquer tipo de sustentação que não a afirmação de que ‘ouviu dizer’. Afirmativas graves estão sendo feitas sem um indício, sem uma prova, uma evidência. A reputação de pessoas sérias não pode ficar refém de interesses inconfessos”, afirmou Aécio na nota.

Segundo ele, chama a atenção as inúmeras contradições em que Moura tem incorrido e que vêm sendo tratadas pela imprensa. “Basta dizer que ele não havia sequer mencionado meu nome em depoimento anterior”, afirmou.

Aécio prossegue dizendo que ” a tentativa de afundar a todos no mar de lama no qual hoje estão atolados os principais dirigentes do PT é parte de uma estratégia que busca unicamente diminuir aos olhos dos brasileiros a enorme dimensão dos graves crimes cometidos pelo partido e seus aliados”.

Segundo o colunista do jornal O Globo, Lauro Jardim, a interpelação é o primeiro passo da reação do senador. Se Moura sustentar o que disse, Aécio o processará.  

Leia também:

Carteira InfoMoney bateu Ibovespa em 8 pontos em janeiro; você já baixou?

Analista-chefe da XP diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa

PUBLICIDADE