Aécio retira pré-candidatura à presidência e deixa caminho livre para Serra

Governador de Minas Gerais antecipou decisão sobre candidatura e deve se lançar ao Senado no próximo ano

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O governador de Minas Gerias, Aécio Neves, anunciou nesta quinta-feira (17) a desistência de sua pré-candidatura à Presidência da República pelo PSDB, o que deixa o caminho livre para a candidatura do governador de São Paulo, José Serra.

Aécio já havia dito que só iria esperar até janeiro para definir sua situação, decisão que o governador paulista preferia deixar para março. O mineiro antecipou seu posicionamento para facilitar o caminho do PSDB em 2010, segundo carta entregue ao presidente do partido, Sérgio Guerra.

“Deixo a partir deste momento a condição de pré-candidato do PSDB à Presidência da República, mas não abandono minhas convicções e minha disposição para colaborar com meu esforço e minha lealdade para a construção das bandeiras da Social Democracia Brasileira”, disse durante leitura do documento que consolidou sua postura.

Aprenda a investir na bolsa

Aécio deve se lançar ao Senado por Minas Gerais e participar da campanha de seu vice, Antonio Anastasia, a sua sucessão no Estado.

Os dois governadores conversaram a respeito da decisão nos últimos dias. Apesar de boa parte do PSDB ver com bons olhos uma eventual chapa Serra-Aécio, o mineiro descarta a possibilidade até agora.