eleições

Aécio Neves ultrapassa Marina Silva na véspera da eleição, mostra CNT/MDA

Em simulações de segundo turno, Dilma venceria tanto Aécio quanto Marina, enquanto em um terceiro cenário, o tucano seria eleito se disputasse com a candidata do PSB

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Na véspera do dia da eleição, pesquisa CNT/MDA divulgada neste sábado (4) mostrou Aécio Neves (PSDB) pela primeira vez à frente de Marina Silva (PSB) nas intenções de voto. O candidato tucano subiu 4,2 pontos e agora tem 24% das intenções de voto, enquanto Marina caiu mais 3,8 pontos, para 21,4%. Enquanto isso, Dilma Rousseff (PT) se manteve com os mesmos 40,6% dos votos. A margem de erro é de 2,2 pontos.

Segundo a nota de divulgação do resultado, “a análise da evolução dos números das últimas pesquisas mostra tendência de crescimento de Aécio e queda de Marina, o que pode continuar até este domingo (5), dia da votação”.

Entre os outros candidatos, Luciana Genro (PSOL) ficou com 1,1% das intenções de voto, seguida pelo Pastor Everaldo (PSC) com 0,8% e Levy Fidelix (PRTB) com 0,5%. Os outros candidatos pontuaram, juntos, 0,6%. Brancos e nulos somam 5,2% e 5,8% dos entrevistados não sabem ou não responderam.

Aprenda a investir na bolsa

Considerando apenas os votos válidos, o cenário para o primeiro turno fica: Dilma Rousseff com 45,6%; Aécio Neves com 27%; Marina Silva tem 24,1%; Luciana Genro aparece com 1,2%; Pastor Everaldo com 0,8%; Levy Fidelix tem 0,6%; e os outros candidatos somam 0,7% das intenções de voto.

Em uma simulação de segundo turno, Dilma venceria Aécio Neves com uma vantagem de 5,2 pontos, com a petista atingindo 46% dos votos, contra 40,8% do tucano. Neste cenário brancos e nulos totalizam 9,7% e outros 3,5% dos entrevistados não sabem ou não responderam.

Já em uma disputa da petista contra Marina, Dilma venceria por 9,7 pontos, chegando a 47,6% das intenções, contra 37,9% da pessebista. Brancos e nulos representam 11,1% e 3,4% não sabem ou não responderam. Em um terceiro cenário (Marina contra Aécio), o tucano seria vencedor com 43% dos votos contra 37,1% de Marina. Para 15,7% dos entrevistados o voto seria branco ou nulo e 4,2% não sabem ou não responderam.