RADAR INFOMONEY Por que o mercado "gostou" do aumento na conta de luz? Assista ao programa desta terça

Por que o mercado "gostou" do aumento na conta de luz? Assista ao programa desta terça

Aécio Neves exige decisão do PSDB sobre candidatura à presidência até dezembro

Governador mineiro afirmou que lançará candidatura ao Senado em janeiro caso partido não se posicione até o final do ano

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O governador de Minas Gerais e presidenciável tucano Aécio Neves afirmou na véspera que, caso o PSDB não decida qual será o candidato do partido à presidência até dezembro, ele lançará sua candidatura ao Senado já em janeiro.

A declaração foi feita após Aécio almoçar com o presidente do DEM, Rodrigo Maia. O possível candidato à presidência afirmou que o presidente do PSDB, Sérgio Guerra, também já foi informado. Maia apóia a candidatura de Aécio e avalia que seu lançamento, caso ocorra, tem de começar no início de 2010, para o governador se tornar mais conhecido no Brasil.

Estratégia

Aécio mantém contatos com PSB, PDT e PTB e acredita que até o PMDB poderia ficar ao seu lado, mesmo com o pré-compromisso firmado com Dilma Rousseff. Maia também avalia que o mineiro poderia construir alianças com partidos da base aliada.

Aprenda a investir na bolsa

O anúncio de que lançará a candidatura ao Senado faz parte da estratégia de Aécio de forçar um posicionamento do outro presidenciável tucano, o governador de São Paulo José Serra, que evita assumir a candidatura.