Disputa política

Aécio Neves critica pronunciamento de Dilma: “foi campanha eleitoral”

Aécio ressaltou que a presidente usou o pronunciamento para apontar as realizações do governo, mas deixou de lado assuntos do momento como a população vítima das chuvas

SÃO PAULO – O senador e provável candidato à presidência da República, Aécio Neves (PSDB-MG) criticou o pronunciamento de Dilma Rousseff em cadeia nacional, destacando que a presidente usou a rede de rádio e televisão para “autoelogio e campanha eleitoral”.

Aécio ressaltou que a presidente usou o pronunciamento para apontar as realizações do governo, mas deixou de lado assuntos do momento como a população vítima das chuvas. 

“Na ilha da fantasia a que a presidente nos levou mais uma vez, a qualidade do ensino tem melhorado e a criação de creches é comemorada. Enquanto isso, no Brasil real, os resultados dos testes internacionais demonstram o contrário: o analfabetismo parou de cair e, das 6 mil creches prometidas por ela em 2010, apenas 120 haviam sido entregues até outubro”, afirmou. Para ele, o discurso reforça a fraqueza do governo de Dilma.

PUBLICIDADE

Essa nova e abusiva convocação de rede de rádio e televisão é mais uma demonstração da falta de limites de um governo que acredita que a propaganda e o ilusionismo podem demonstrar força, enquanto, na verdade, só acentuam a sua fraqueza”, afirmou o senador.

No último pronunciamento nacional em cadeia de rádio e televisão do ano, a presidente Dilma Rousseff procurou passar para população uma mensagem de otimismo para 2014. Em um balanço de 2013, Dilma frisou que país termina o ano “melhor do que começou”, mesmo passando por crises internas e externas.

Em um recado aos “críticos”, a presidente disse que a “instalação da desconfiança” é muito ruim para o Brasil e que uma “guerra psicológica” pode inibir investimentos e retardar iniciativas.