Do Zero ao Gain Uma aula gratuita com André Moraes sobre gerenciamento de risco, stop, alvo e tamanho de capital

Uma aula gratuita com André Moraes sobre gerenciamento de risco, stop, alvo e tamanho de capital

"Nem mudou palavras"

Aécio Neves acusa Marina de plágio de proposta de FHC em programa de governo

Comparação entre programas está no site do PSDB; em coletiva ontem, Aécio também fez ataques à Dilma Rousseff

SÃO PAULO – Além de defender a sua candidatura em coletiva realizada ontem, o candidato à presidência pelo PSDB Aécio Neves fez críticas mais contundentes à Marina Silva (PSB), que vem despontando nas eleições. Ele, inclusive, acusou a ex-senadora de plagiar um trecho do Plano Nacional de Direitos Humanos do governo de Fernando Henrique Cardoso, de 2002, no programa de governo dela, que foi apresentado na última sexta-feira e também esteve cercado de polêmicas. A acusação está registrada no site do partido

“Eu já vi incoerências muito grandes entre a prática da candidata e o seu discurso atualizado. Mas me surpreendi ao perceber que o capítulo dos Direitos Humanos do programa de governo da candidata Marina é uma cópia fiel do PNDH feito no governo Fernando Henrique. Não se teve o cuidado sequer de alterar palavras”, afirmou. 

“Isso é apenas mais uma sinalização do improviso, e da enorme contradição que ronda essa candidatura”, continuou o candidato.

PUBLICIDADE

Aécio ainda tentou dissipar os rumores de que iria renunciar à disputa e afirmou ter convicções que irá para o segundo turno das eleições. Ele também se declarou uma “mudança mais consistente” e que “a candidatura Marina se assemelha a uma metamorfose ambulante”. “O eleitor pretende votar na Marina que ataca o PT ou que foi do PT?”, questionou, ressaltando que é preciso saber em quais Marinas o eleitor pretende votar. Ele afirmou ainda que o improviso não é o melhor conselheiro e que teme o discurso de negação de Marina. 

Além disso, ele criticou Dilma Rousseff (PT) e afirmou ter convicção de que a petista perderá as eleições. “Há uma candidatura do PT que fracassou”.