"Sem moral"

Aécio não tem moral para pedir impeachment de Dilma, afirma Gilberto Carvalho

Ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República afirmou ainda que o PSDB tenta de "maneira oportunista" correr atrás do apoio dos movimentos de rua

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República Gilberto Carvalho reagiu às manifestações da oposição de se aproximar dos movimentos sociais anti-Dilma e disse que o senador Aécio Neves (PSDB-MG), não tem moral para pedir o impeachment da presidente.

“Ele (Aécio) não tem moral nenhuma para falar isso, ele tem que aceitar a derrota que ele sofreu – ele foi um honroso candidato, tudo bem – mas não posso levar a sério, sinceramente acho que isso é uma apelação que não merece consideração”, afirmou.

Na quinta-feira, o presidente do PSDB disse que o partido vai formalizar um pedido de afastamento caso seja comprovado, pelo Tribunal de Contas da União (TCU), o envolvimento da presidente Dilma nas chamadas ‘pedaladas fiscais’.

Aprenda a investir na bolsa

Carvalho afirmou o PSDB tenta de “maneira oportunista” correr atrás do apoio dos movimentos de rua. “O PSDB está correndo atrás do apoio das massas. Isso é demagogia. É tentar fazer agora uma sintonia com as ruas que eles não tiveram e agora oportunisticamente tentam ter. Ele (Aécio) devia pensar no que ele fez em Minas Gerais e a maneira como o Fernando (Pimentel) encontrou Minas Gerais, aquele desgoverno absurdo”, afirmou.