Política

Aécio ironiza falas de Dilma e diz que presidente volta a viver no “país da fantasia”

A petista afirmou mais cedo que se tivesse havido investigações na estatal durante o governo do PSDB, o esquema de corrupção na estatal não teria chegado aos dias atuais

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O presidente do PSDB, o senador Aécio Neves (MG), falou nesta sexta-feira (20) sobre os comentários feitos pela presidente Dilma Rousseff mais cedo no Palácio do Planalto sobre as investigações de corrupção na Petrobras (PETR3; PETR4). A petista afirmou hoje que se tivesse havido investigações na estatal durante o governo do PSDB, o esquema de corrupção desvendado pela Operação Lava Jato não teria chegado aos dias atuais. 

“Na verdade, a presidente volta a viver no país da fantasia, que conduziu sua campanha e que tanta decepção trouxe inclusive a seus eleitores”, disse o tucano no Salão Azul do Senado. Segundo ele, Dilma parece “querer zombar da inteligência dos brasileiros, ao atribuir o maior escândalo de corrupção da nossa história, patrocinado pelo PT, a um governo de 15 anos atrás”. 

Aécio comentou ainda que as falas de Dilma vieram depois de um “conveniente silêncio que durou cerca de dois meses, certamente para se distanciar das medidas econômicas tomadas pelo seu governo”. Ele reforçou ainda que o assunto é de extrema gravidade e que não é possível que a presidente trate isso de forma tão simplista e incorreta. 

PUBLICIDADE