Brasil no exterior

Aécio ganha na França e quebra hegemonia de 12 anos do PT; tucano também vence na Suíça

O tucano chegou em primeiro lugar na França, com 54,8% dos votos válidos, enquanto Dilma Rousseff (PT) conseguiu apenas 39,1%; já na Suíça, ele obteve 70,3% dos votos válidos

SÃO PAULO – A apuração das urnas aqui no Brasil nem tinha começado mas, em outros países, já foi possível saber o percentual de votação das cidades e nações onde cidadãos brasileiros votaram.

O candidato à presidência da República Aécio Neves (PSDB) chegou em primeiro lugar na França, com 54,8% dos votos válidos, enquanto Dilma Rousseff (PT) conseguiu apenas 39,1% dos votos. Com isso, o tucano quebrou uma hegemonia petista de 12 anos: Lula venceu lá em 2002 e 2006 e Dilma saiu vencedora em 20120. A votação terminou às 14h (horário de Brasília).

Assim como no primeiro turno, em que 62% dos cerca de 8 mil brasileiros aptos a votar não compareceram, a abstenção também foi considerada bastante alta neste domingo, já que 64% dos eleitores inscritos não apareceram para votar. 

PUBLICIDADE

O cenário se repetiu na Suíça: o tucano disparou na preferência dos brasileiros, ao conseguir 1.429 votos contra 604 para Dilma. Isso significa 70,3% dos votos válidos, ante 29,7% de Dilma que, no primeiro turno, chegou a ser eliminada. 

Em Genebra, 5.800 brasileiros se registraram para votar, mas apenas 2.031 compareceram no dia da eleição.