"Há indícios fortes"

Aécio diz que denúncias que justificam impeachment de Dilma estão próximas de comprovação

Em entrevista para a Folha em Nova York, senador mineiro pelo PSDB disse que "há indícios muitos fortes contra Dilma"

SÃO PAULO – Em Nova York para homenagem ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o senador mineiro Aécio Neves (PSDB) afirmou à Folha de S. Paulo que as denúncias que justificariam o impeachment da presidente Dilma Rousseff estão cada vez mais próximas de serem comprovadas e que “há indícios muitos fortes contra Dilma”.

“As denúncias que surgem em relação à Lava Jato, inclusiva na última semana, mostram que houve dinheiro de propina para a campanha presidencial. E isso é extremamente grave”, disse Aécio ao jornal.

Ele afirmou ainda que o partido investiga todas as denúncias contra a presidente, “seja pela utilização de recursos de propina para campanha eleitoral, sejam as chamadas pedaladas fiscais ou a utilização de empresas públicas com fins eleitorais”.

PUBLICIDADE

Aécio adiou na semana passada para o final de maio a decisão de um evento pedido de investigações contra Dilma. Não há consenso dentro do PSDB, nem de outros partidos de oposição, sobre o pedido de impeachment.